Pular para o conteúdo
Voltar

Governo investiu mais de R$ 70 milhões em viaturas e equipamentos para o Corpo de Bombeiros de MT

Investimentos realizados pelo Governo do Estado reforçam o combate de incêndios florestais e garantem excelência em atendimentos gerais.
José Lucas Salvani | Secom-MT

Entre os investimentos realizados pelo Governo, são cerca de R$ 25,8 milhões para mais de 200 viaturas. - Foto por: Tchélo Figueiredo - Secom/MT
Entre os investimentos realizados pelo Governo, são cerca de R$ 25,8 milhões para mais de 200 viaturas.
A | A

O Governo do Estado, ao longo dos últimos quatro anos, investiu mais de R$ 70 milhões em novas unidades, equipamentos, fardas e viaturas para o Corpo de Bombeiros Militar Mato Grosso (CBMMT). Os investimentos realizados durante a gestão garantem excelência e agilidade no atendimento de ocorrências, além de reforço no combate a incêndios florestais e urbanos.

“Antes da gestão atual, o Corpo de Bombeiros vivia uma situação complicada por conta da quantidade e qualidade tanto de viaturas e equipamentos disponíveis, como também das unidades operacionais espalhadas pelo estado. Tínhamos o mínimo. Mudamos este cenário graças aos investimentos realizados pelo Governo de Mato Grosso”, afirmou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Alessandro Borges.


Comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Alessandro Borges/Secom-MT

“Estou há 28 anos na corporação e vivemos um período nunca imaginado. Tivemos um investimento maciço nesses últimos quatro anos, em especial nestes últimos dois, que foram fundamentais para uma melhor resposta no combate aos incêndios florestais e urbanos, como também em ocorrências de salvamentos”, acrescentou.

Equipamentos e viaturas

Entre os investimentos realizados pelo Governo do Mato Grosso, são cerca de R$ 25,8 milhões para mais de 200 viaturas, auto tanques e embarcações compradas ou alugadas para o atendimento de ocorrências em todo o Estado.


Última entrega de veículos foi realizada durante a formatura de praças e oficiais do Corpo de Bombeiros | Mayke Toscano/Secom-MT

Foram adquiridos também mais de mil equipamentos, como esguichos, transceptores (radiocomunicação), desencarceradores e proteções faciais para respiração, que garantem a segurança dos militares e melhoram a efetividade no atendimento de ocorrências. Também foram comprados mais de 33 mil munições e mais de 4,2 mil fardamentos estão sendo entregues aos militares. Os investimentos chegam a R$ 6,6 milhões.

“Graças ao Governo de Mato Grosso, o Corpo de Bombeiros conta hoje com equipamentos de alta tecnologia. Temos hoje, por exemplo, máscaras de mergulho que permitem a comunicação entre os bombeiros militares. Contamos com equipamentos que são referências mundiais e de grande valia para nossa atuação”, explicou o comandante-geral.

Novas unidades e reformas

Unidade em Santo Antônio do Leverger inaugurada em 2021 | Foto: Christiano Antonucci/Secom-MT

Por meio de parcerias, nos últimos quatro anos, o Governo de Mato Grosso investiu na construção do 1º e 2º Pelotões Independentes do Corpo de Bombeiros Militar em Poconé e Santo Antônio do Leverger. A unidade em Poconé, inclusive, é resultado de uma ação estratégica criada para atuar no monitoramento e prevenção aos incêndios florestais na região.

Outra unidade inaugurada durante a atual gestão foi a 8° Companhia Independente do Corpo de Bombeiros de Pontes e Lacerda, que ganhou sua sede própria em 2021, após 19 anos funcionando em prédio cedido pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). O projeto foi possível devido à atuação do Conselho de Segurança Pública (Conseg) local, que tocou a obra. 


Unidade de Pontes e Lacerda atende 10 municípios da região | Foto: Michel Alvim/Secom-MT

Já em Sinop, o 3º Comando Regional passou por uma reestruturação, se tornando o primeiro quartel do Estado com estrutura modular de contêiner. A estrutura sustentável, entregue em março de 2022, gerou economicidade aos cofres públicos com os custos da obra, além de eficiência pela rapidez na finalização da construção, que durou apenas sete meses.

“As reformas e inauguração de novas unidades garantem uma maior cobertura do Corpo de Bombeiros em todo estado. São 32 unidades operacionais em Mato Grosso e o Governo de Estado já investe em novos batalhões, como o que está sendo construído em Primavera do Leste”, afirmou o comandante-geral.


Batalhão de Emergências Ambientais foi inaugurado em 1º de julho | Foto: Marcos Vergueiro/Secom-MT

Por fim, em 2022, o Corpo de Bombeiros inaugurou a principal unidade para monitoramento de focos de calor do estado, o Batalhão de Emergências Ambientais (BEA). A unidade conta com uma Sala de Situação equipada com satélites de alta tecnologia, capazes de identificar focos de calor nos biomas mato-grossenses Pantanal, Cerrado e Amazônia.

"O prédio do batalhão era uma escola inativa que recebeu investimentos do Governo de Mato Grosso e foi transformado em uma unidade altamente equipada com a melhor tecnologia do mercado para o monitoramento de focos de calor no Estado. A inauguração do BEA é um marco para o combate aos incêndios florestais em Mato Grosso", finalizou o comandante-geral.

Outros investimentos


Viaturas do tipo auto-rápido entregues pelo Governo de Estado | Foto: Tchélo Figueiredo - Secom/MT

Durante a atual gestão, o Governo de Mato Grosso também deu início a compra de outras 79 viaturas, entre veículos de resgate e auto tanques, que totalizam mais de R$ 29 milhões.

O Corpo de Bombeiros de Mato Grosso também trabalha na construção da sede da 3ª Companhia Bombeiro Militar no Distrito Industrial, em Cuiabá; construção do quartel da 10ª Companhia Independente Bombeiro Militar em Sorriso; e faz a reforma da 6ª Companhia Independente Bombeiro Militar de Primavera do Leste. As unidades somam R$ 7,4 milhões.